sexta-feira, 30 de março de 2012

Técnica mista sobre papel - Composição cubista - Detalhe

"...a pintura de interiores, por conta da geometria do mobiliário, estantes com livros, janelas e portas, induz a composições cubistas. Não sei se o termo está bem empregado pois cubismo é o nome do movimento artístico ocorrido na França, no início do séc. XX, desenvolvido por Picasso, Braque e outros Mestres a partir da obra de Cézanne. Me dei licença para usar o termo 'cubista' no início do séc XXI - licença poética. A arte lida com o novo, com a reciclagem do antigo, há necessidade de neologismos, de licenças.
Mais importante do que os rótulos é a honestidade artística! Uma obra precisa de emoção, espontaneidade, criatividade despida de culpas e compromissos ideológicos! A arte atinge o mundo acrítico onde habitam criaturas sem fome, sem vaidade, sem maldade e sem preconceitos..."

"Interior Cubista" - Técnica mista (aquarela, bico de pena, nanquim e acrílica)  sobre papel Montval - 24x32 - ano de 2012

15 comentários:

  1. Espontaneidade,no compromissos...
    Great job,Antonio.
    Abraço,Willy

    ResponderExcluir
  2. Caro António, que interessante e que belo. Também o seu texto é notável. Honestidade artística sim, sempre no seu caso.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Tu pintura me recuerda alos puestos de antiguedades en el Rastro de Madrid.
    Un gran trabajo.
    Saludos

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho o privilégio de ver uma obra pronta, completa, antes de qualquer outra pessoa. Este trabalho em particular me encantou. Não te vi pintando, quando me dei conta o quadro já estava pronto... lindo! Gostei muito. E te amo muito.
    Loyde

    ResponderExcluir
  5. Eu não costumo comentar os comentários, mas esse último foi feito pela musa do atelier! Ele é muito especial, ela ficou esperando para fazer o comentário de número dois mil! Coisa de fã, de amiga, parceira, namorada, esposa, secretária...
    Te amo muito

    ResponderExcluir
  6. Que lindo!!!! O quadro e o amor! Parabéns!!!!
    Perdão pela demora da visita. Mas ainda estou tentando colocar em dia minhas visitas depois das férias. Ficou tudo acumulado. Havia uma lan house em frente a nossa casa, mas eu resisti bravamente. rs
    Um excelente fim de semana!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  7. Olá sr. Antônio, muito legal o quadro, o texto e o seu comentário sobre o comentário da sua esposa.

    Bonito mesmo.


    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. Antonio, parabéns pela obra, pelo texto e muito linda a compreensão da tua arte pela tua parceira de vida, não é por acaso que ela é tua musa, a arte expressa muito do íntimo do artista até o que ele não conhece de si próprio e quando esse artista se faz bem, cercando-se de bens quereres, só pode compor o bem, a arte atravessa o artista que nos entrega essa energia, é importante prá mim, saber dessa consistência na vida do artista e que se sente na conversa com a obra que se faz no silêncio da nossa própria consistência.Parabéns. abraço, bom final de semana.

    ResponderExcluir
  9. This makes for a wonderful abstract painting! And I could see straight away that this was an interior scene. There is just enough information for the mind to create it's own picture - Brilliant! :0)

    ResponderExcluir
  10. You're really good!
    Have a great weekend!

    ResponderExcluir
  11. A Geometric Gem ... invites us in, but does not demand our presence.

    ResponderExcluir
  12. Belo trabalho...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  13. Mais importante do que os rótulos é a honestidade artística! Uma obra precisa de emoção, espontaneidade, criatividade despida de culpas e compromissos ideológicos!'

    Linda obra, e o texto é impecável.

    Lindo o comentário, o carinho da 'musa' pelo seu pintor! Beijos, Loyde!

    Beijos ao atelier.
    Tais

    ResponderExcluir

Google+