domingo, 19 de janeiro de 2014

Favoritas do atelier - “Navios no desmonte”

“Navios no desmonte” – 19x23,5 – Óleo sobre linho colado em cartão – ano de 2011

“...na zona dos estaleiros ficam os ‘desmontes’, onde embarcações desativadas são transformadas em sucata. Os barcos têm alma, têm histórias de bravura, de coragem. A aposentadoria, abandono ou morte de um barco traz nostalgia, tristeza. As cores opacas, as madeiras rachadas, as chapas enferrujadas têm uma beleza plástica. Abstrações inesgotáveis...”



27 comentários:

  1. Powerful illusion of softness!!
    Abraço,Willy

    ResponderExcluir
  2. Mestre Antonio Machado antes de entrar em seu blog tem que se preparar para as emoções. Coloquei ela em tamanho original clicando em cima dela, pinceladas com cores que passeiam entre as luzes e as sombras com a sua textura própria. Apesar do texto falar de abandono e etc... vejo nesta obra uma beleza e uma satisfação plena. Entre tecer um milhão de elogios merecidos escolho um: MARAVILHOSO!

    ResponderExcluir
  3. There is something about boats and ships that I am so drawn to. I love the subject and yet so far I have never painted it! Your paintings have so much feeling and mood. Lovely! :0)

    ResponderExcluir
  4. Le tue barche in disarmo sono ancora piene di vitalità, perché sei tu che con la magia della tua pittura le rendi ancora vive, colme di cose e di storie da raccontarci. Un dipinto favoloso, Antonio!

    ResponderExcluir
  5. There is a sad beauty in such things and your painting is a perfect representation of that emotion. x

    ResponderExcluir
  6. Antonio, coisa boa voltar aqui e saborear sua arte, suas cores que tanto me encanta! Melhor foi me deparar com esse texto que mais parece escrito por alguém que observa tudo com 'olhos de poeta'.

    Todo artista é meio poeta e vc é poeta das cores e do saber tão bem retratar a alma bravia desses barcos aposentados.
    Impressionante como vc consegui representar tão bem, através das cores e dos contrastes sutis, a nostalgia que esses barcos nos causam! Tem um misto de tristeza e beleza nessa pintura semi-abstrata que é impossível não se emocionar...

    Mestre Antonio Machado, tu és fera!

    Toda minha admiração, sempre!

    ResponderExcluir
  7. Antonio,
    mesmo mostrando uma cena triste,
    voce dá muita dignidade aos navios,
    com belas cores e este céu tenso e
    'acolhedor' ao mesmo tempo!

    lindo trabalho!!

    ResponderExcluir
  8. Caro Antonio,

    A sua excelente pintura "Navio no desmonte" conta a história do que ontem foram bravos navios, "vida" que, aliás, se parecem muito com a nossa.

    Um abraço,
    Pedro.

    ResponderExcluir
  9. Pois é, Antonio, quando li o texto, pensei 'aqui está um texto para crônica'. Sucatas, barcos abandonados após uma vida de navegação. Quem estavam neles, como eram suas vidas, por onde andaram estas embarcações... Quando criança visitava todas as semanas um Estaleiro – meu pai era o médico do Estaleiro e me levava junto. ainda criança. E foi de lá que veio estes meus pensamentos lendo seu texto.
    Mas por falar na obra... Linda como sempre.

    Beijos ao atelier.
    Tais Luso

    ResponderExcluir
  10. UmTrabalhoPrimorosoMaduro
    MuitoObrigadoPorPartilhar
    Abraço&BoasCriações

    ResponderExcluir
  11. Hi Antonio,
    I'm always to taken with the power and gesture in your brushstokes, and the wonderful texture you create. Bravo!

    ResponderExcluir
  12. Brilliant picture with wonderful colors and composisjon!

    ResponderExcluir
  13. Love this painting and picture. Beautiful art.

    ResponderExcluir
  14. Caro Mestre,
    Mais um trabalho maravilhoso, ainda mais apreciado depois de ler as suas sempre magníficas explicações.
    Os seus quadros lembra-me os sonhos bons que temos. Há uma parte muito real e outra mais onírica e a transição entre as duas é perfeita, porque não sabemos exactamente onde acaba uma e começa a outra. Fantástico!

    ResponderExcluir
  15. Your colour combinations are always so cheerful and warm.

    ResponderExcluir
  16. Olá, Antonio Machado

    Obras atraente.
    Você é o artista excelente.

    Agradeço pelo seu apoio habitual e saudável.
    E eu rezo para você e sua paz.

    arigatou Gozaimashita!
    ありがとうございました.
    ruma

    ResponderExcluir
  17. Gorgeous colours and textures dear Antonio!
    xoxoxo ♡

    ResponderExcluir
  18. Mainio abstraktinen compositio.
    Värit kylläisen hillityt.
    Mukavasti erottuva pinta-skruktuuri.
    Tukevaa taide-näkemystä...!
    Hyvää viikon loppua...

    ResponderExcluir
  19. Lindo Antônio!
    Vejo os desmontes como desconstruções e, a partir dai,...abstrações sem fim!!!!
    Abraços mil

    ResponderExcluir
  20. Magnífico quadro! Gosto da composição, das cores e da pincelada de mestre!

    ResponderExcluir
  21. Magníficas pinturas, Antonio : )

    ResponderExcluir
  22. Fabuloso! os barcos tem alma, oh sim! Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Such an explosion of colour and spontaneous movements.

    ResponderExcluir
  24. Seus textos e suas obras se completam em perfeita harmonia!
    Lindo trabalho!
    Parabéns mais uma vez..
    Já estou sendo repetitiva rs
    Abraço a todos do atelier!

    ResponderExcluir
  25. I love this subject of boat graveyards. It has a powerful haunting feel. You could paint an entire series here. Congratulations! Hugs

    ResponderExcluir
  26. Todas as sucatas têm vida passada cheia de preciosidades. E são uma inspiração para obras magníficas, como a sua, quando o artista coloca nelas a sua sensibilidade.
    Abraços

    ResponderExcluir
  27. Olá Antônio,

    Gostei da sensibilidade contida em suas palavras.
    De fato, muitas histórias estão impregnadas nas sucatas dessas embarcações.
    Fabuloso trabalho.

    Abraço.

    ResponderExcluir

Google+